Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Para o instituto, 2018 pode ser um ano em que oferta e demanda crescerão e influenciarão as cotações, no entanto, “turbulências não previstas podem surgir e utilizar mecanismos de proteção é uma boa opção para se sair bem delas”.

  Depois de um ano recheado de notícias negativas que influenciaram diretamente o comportamento do preço do boi gordo, a expectativa é de que em 2018 a bovinocultura de corte tenha um ano menos turbulento e mais ditado por fundamentos (oferta e demanda). A previsão consta em boletim divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).  
  Para os analistas, a perspectiva sobre a oferta é de que possa haver um incremento na quantidade de animais para abate, e este aumento pode vir principalmente das fêmeas dos criadores do Estado que, desanimados com a desvalorização do bezerro (reflexo da retenção de fêmeas de 2015), tendem a optar pelo abate destas na tentativa de gerar caixa para a propriedade. “Este processo é cíclico e conhecido como ciclo pecuário, e ainda tem muita influência sobre a oferta de bovinos em Mato Grosso”.
  Do lado da demanda o panorama é mais otimista. Segundo o Imea, as exportações mato-grossenses de carne bovina tiveram um desempenho memorável no segundo semestre de 2017, e se o Estado conseguir repetir a performance durante 2018, a expectativa é de uma boa arrecadação. “No que tange à demanda interna brasileira, destacam-se a recuperação da economia brasileira, a redução no número de desempregados no país e as eleições como fatores que podem influenciar nas cotações”.
  Para o instituto, em vista desses fatos, 2018 pode ser um ano em que oferta e demanda crescerão e influenciarão as cotações, no entanto, “turbulências não previstas podem surgir e utilizar mecanismos de proteção é uma boa opção para se sair bem delas”.
Fonte: Agronoticias
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.