Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Mulheres são presas em Mato Grosso por aplicar golpe do carro quebrado
Duas mulheres foram presas pela Polícia Civil, no município de Itiquira (357 km ao Sul) acusadas de envolvimento no golpe conhecido como “carro quebrado” ou “bença tia”. As suspeitas, Adriana Batista da Silva e Eliene Olimpio Santana, foram autuadas em flagrante, no sábado (02), depois que uma vítima de Mato Grosso do Sul cai no golpe e denunciou a Polícia.
No boletim de ocorrência, registrado em Eldorado, Mato Grosso do Sul, a vítima de 32 anos contou que recebeu uma ligação de um homem que se passava por seu sobrinho, que informava estar indo para Eldorado (MS),  mas o carro havia quebrado no meio do trajeto, entre Santos e São Paulo,  e precisa de dinheiro para o conserto do veículo.
A mulher disse que acreditou se tratar do sobrinho e efetuou depósito no valor de R$ 1 mil, em uma das duas contas correntes fornecidas, tendo como beneficiária Eliene Olimpio Santana, que mora em Itiquira (MT). Ela ainda contou que iria efetuar um segundo depósito e somente não realizou porque foi orientada pela funcionária da lotérica, que poderia se tratar de um golpe.
Acionados pela Polícia Civil de Eldorado (MS), rapidamente investigadores da Delegacia localizaram a proprietária da conta corrente da Caixa Econômica. Durante entrevista com os policiais,  a suspeita Eliene confessou que emprestou a conta em troca de R$ 100, que seriam repassados por Adriana Batista Silva, também moradora de Itiquira.
O caso é investigado pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.