Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Romoaldo Junior defendeu que governador comece melhorando relacionamento com deputados

O deputado estadual Romoaldo Junior (PMDB) avaliou que o governador Pedro Taques (PSDB) tem mais a se preocupar com os membros de seu grupo do que com a oposição nas eleições de 2018, em que deve disputar a reeleição.

Para o parlamentar, que é da oposição, mas que vota com o Governo na Assembleia, o grupo do tucano tem os nomes com reais chances de disputar o comando do Palácio Paiaguás. Romoaldo disse que Taques “está dormindo com o inimigo”.

“Acho que o adversário do Taques não está na oposição, como PMDB, PR e outros partido. Os adversários do Taques estão dentro do ninho dele. Ele está dormindo com o inimigo”, afirmou.

“Eu acho que os candidatos a futuro governador de Mato Grosso são Mauro Mendes, Jaime Campos, Carlos Fávaro ou Blairo Maggi. E todos estão com o Taques. Ele está dormindo com o inimigo”, disse.

Acho que o adversário do Taques não está na oposição, como PMDB, PR e outros partido. Os adversários do Taques estão dentro do ninho dele

O peemedebista acredita que o atual governador está com a imagem desgastada, mas que tem chances de reverter a situação. Ele citou o ex-governador Dante de Oliveira, que estava “em situação pior” ao ir para a reeleição em 1998.

“Primeiro, o governador precisa dar a volta por cima. Resolver essa questão da Saúde, pagar as dívidas do Governo, trazer a folha para o dia 1º. É possível fazer isso. Ir para o interior e resolver todos os compromissos que ele assumiu. A Caravana da Transformação é importante, mas muita coisa prometida está pendente em todos os Municípios em que ele passou”, afirmou.

“Depois disso, é sentar com o grupo. Porque se ele estiver bem, todo mundo vai se acomodar em torno dele, mas se tiver mal do jeito que está, não estiver bem, aí é um abraço. Mas ele tem chances, sim. Até porque está correndo muito, está trabalhando. Mas tem que corrigir esses erros”, completou.

Desprestígio

Romoaldo defendeu, ainda, que o tucano comece melhorando sua relação com a Assembleia.

Segundo ele, o fato de não liberar todas as emendas impositivas indica que há um desprestígio com os deputados estaduais.

“Algumas pessoas acham que as emendas são comissões para os deputados, mas não é isso. É através da emenda que vai chegar a escolinha em Nova Bandeirantes, a quadra de esporte em Apiacás. É a emenda parlamentar que faz isso. Ela chega lá na ponta”, disse.

“Eu acho que é um desprestígio aos deputados. Desde o começo, o Taques contou com uma Assembleia muito parceira, mas não formou uma estrada de mão dupla. Ele não está dando a devida atenção aos parlamentares. E o deputado não é só para votar projeto. Na campanha, ele tem sua base, que é onde está mais presente do que qualquer um. E é lá que o deputado pode ajudar o Taques a melhorar ou piorar sua imagem”, completou.

Fonte: Midia News

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.