Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Um dos grandes ídolos da história recente do Corinthians, Emerson Sheik está de volta ao clube para uma terceira passagem. Nesta segunda-feira, o time alvinegro surpreendeu e anunciou o retorno do atacante de 39 anos, que vem de uma temporada apagada pela Ponte Preta em 2017. 
Emerson marcou seu nome na história do Corinthians em 2012, quando foi decisivo para a conquista da Libertadores e levantou também a taça do Mundial de Clubes. A tendência é que o atacante encerre a carreira no time paulista. Até por isso, o contrato assinado é curto, com duração somente até junho.
O jogador chegou ao Corinthians pela primeira vez em 2011 e foi importante na conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano. Mas foi no ano seguinte que se estabeleceu de vez na história do clube, ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors na decisão da Libertadores e dar o sonhado título do torneio à torcida.
Emerson ficou no clube até 2014 e conquistou ainda a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Paulista de 2013, antes de sair por empréstimo ao Botafogo. Voltou em 2015 e participou do início da campanha do título brasileiro daquele ano, mas após a eliminação na Libertadores diante do Guaraní-PAR, foi negociado com o Flamengo.
No total, Emerson atuou em 157 partidas com a camisa do Corinthians, com 26 gols marcados. Ele ainda acumulou passagens por clubes como São Paulo e Fluminense, no Brasil, além de Kawasaki Frontale e Urawa Red Diamonds, no Japão, Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, e Al Sadd, no Catar.
Por mais que não seja sua característica, o veterano pode se tornar uma opção para substituir Jô, artilheiro do ano passado, que foi para o Nagoya Grampus, do Japão. O Corinthians ainda não acertou uma contratação para a posição e tem agora Emerson, Júnior Dutra, Kazim e Lucca como possíveis candidatos a herdar a vaga.
Fonte:Estadão Conteúdo
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.