Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Adhemir Teixeira Neves era próximo ao pai. Foto: Facebook/Reprodução
Adhemir Teixeira Neves era próximo ao pai. Foto: Facebook/Reprodução

A van que transportava o cantor sertanejo Cristiano Neves e sua banda sofreu um acidente nesta terça-feira (30), deixando morto o filho do artista, Adhemir Teixeira, de 27 anos. A tragédia ocorreu na BR-135, no Sul do Piauí. De acordo com a Polícia Militar, o veículo perdeu o controle por causa da pista, que estava escorregadia devido à chuva. Os passageiros foram levados para o Hospital Regional de Corrente. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Além do cantor, no veículo também estavam pessoas identificadas como Lucas Wellington, Alex, César,  Cristiano Neves, Jardel - o motorista -, Aurin e um homem conhecido como Nego. Adhemir Teixeira foi o único a morrer no local. A van fazia um percurso do Ceará para São Paulo. Em um vídeo que circula nas redes sociais, Cristiano aparece em uma cama de hospital chorando, bastante abalado pela morte do filho.

"O Adhemir era a pessoa que eu mais amava na minha vida. Deus do Céu e da Terra, traz o Adhemir Deus. Meu senhor Jesus Cristo!", diz ele na filmagem. Cristiano nasceu em Alto da Vereda, na Bahia, e começou a cantar aos 8 anos. Seu primeiro disco foi lançado em 2002. Carta no quintal, Medo, Desliguei meu telefone, Cicatriz eAmar é isso são algumas de suas principais faixas.



Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Assista ao vídeo:

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.