Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Fiscais identificaram 12 diplomas falsos sendo usados por pessoas que se passavam por educadores físicos em 2017. O balanço é do Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região de Mato Grosso (CREF17/MT). De acordo com o conselho, aumentou em 30% o número de pessoas flagradas em exercício ilegal da profissão de educador físico, em comparação a 2016.

Em 2017, foram fiscalizadas 1.367 pessoas e 770 foram contatadas. O relatório apresenta 127 pessoas físicas em exercício ilegal da profissão e 121 pessoas jurídicas autuadas por atuarem sem o devido registro. São 248 pessoas, entre físicas e jurídicas, que estavam atuando ilegalmente como educador físico, sem diploma ou registro profissional.

Desses, 25 pessoas físicas e 27 pessoas jurídicas foram registradas posteriormente. Dos que estão atuando na profissão e estão registrados ao CREF, foram multados por alguma irregularidade 177 profissionais e 133 estabelecimentos.

Consta ainda 654 termos de visitas em academias, praças, entre outros estabelecimentos onde acontecem práticas de atividade física.

Fonte: G1/MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.