Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Uma quadrilha que agia roubando veículos para trocar por drogas no Paraguai foi desarticulada na quinta-feira (18) pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Civil. Aproximadamente 20 quilos de maconha foram apreendidos.

Durante a ação foram presos L.A.S., 25 anos, que estava com mandado de prisão em aberto por roubo e corrupção de menores, L.O.A., 25, com cinco passagens policiais anteriores por tráfico de drogas, e M.P.S., 23.

De acordo com o delegado titular da Derrfva, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, os jovens vão responder pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

A ação policial aconteceu no final da tarde de quinta (18) no Bairro Nova Esperança, em verificação de denúncia de que no local existiria comércio de drogas na modalidade "atacado".

As investigações prévias apontavam ainda que a droga seria comercializada em Cuiabá e Várzea Grande após ser trocada por automóveis que haviam sido furtados ou roubados na região metropolitana.

Luan foi preso próximo ao campo de futebol do bairro, com uma sacola contendo dois tabletes lacrados, e outro aberto, com maconha. Ele tentou fugir dos policiais, mas foi impedido. Os outros dois suspeitos foram detidos na residência em que foi localizada a expressiva quantidade de drogas.

Os trabalhos de investigação contaram com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Judiciária Civil.

Os três investigados foram encaminhados para audiência de custódia, ficando à disposição do Judiciário para deliberação futura.

Fonte:Midia News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.