Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Em Mato Grosso, mais de 113 mil propriedades rurais devem ser visitadas por recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para elaboração do Censo Agropecuário. O censo, uma espécie de raio-X do segmento, tem o objetivo de ter um cadastro atualizado até o final desse ano.
O IBGE começou o censo agropecuário em outubro de 2017 e até o final de fevereiro de 2018 pretende visitar cerca de 5 milhões de propriedades no Brasil. No estado, 113.459 propriedades devem ser visitadas.
Até dezembro do ano passado, 64 mil questionários já haviam sido respondidos. Isso represente cerca de 56% dos estabelecimentos do setor.
Com o orçamento de R$ 783 milhões a missão é visitar todas as áreas produtivas, incluindo terras indígenas e o Pantanal. Para dar conta da demanda, o número de servidores do órgão aumentou.
Dificuldades
Devido à precariedade das estradas os recenseadores do IBGE estão estão enfrentando dificuldades para chegar nas fazendas e propriedades rurais. Na zona rural do município de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, os recenseadores tiveram que passar por uma ponte de madeira, cuja cabeçeira foi improvisada pelos moradores.
Em diversos casos, as porteiras das propriedades estão fechadas ou os produtores se negam a passar informações, como explica o supervisor de equipes, Lucas da Silva Marques. "Temos a orientação de não ultrapassar essas porteiras, até mesmo para garantir a segurança do recenseador", contou.
Fonte:G1MT
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.