Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Mais duas mil armas saíram de circulação em Mato Grosso
Mais de duas mil armas de fogo foram retiradas de circulação no Estado no último ano. Os números foram divulgados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). De acordo com o secretário da pasta, Gustavo Garcia, o trabalho de apreensão é reflexo da atuação dos mais de 15 mil profissionais das forças de segurança que atuou de modo firme na preservação da ordem pública. 

Conforme a estatística, do total de armas apreendidas foram 15 fuzis e submetralhadores, que são considerados as de alto poder de destruição. Logo em seguida, aparecem 1.007 espingardas, 348 pistolas apreendidas. 

Em comparação com o mesmo período do ano passado, aparecem 903 espingardas e 287 pistolas. São 161 armas aprendidas a menos que no ano passado. Já a apreensão de revólveres foi de 1.271. “A captura de armamento pesado aumentou consideravelmente no ano passado e continuamos no encalço da criminalidade”, destacou Garcia. 
Já na avaliação da delegada geral adjunta Silvia Maria Pauluzi, o aumento na apreensão de armas é porque o combate ao tráfico doméstico favoreceu as apreensões das armas de fogo. 

“O trabalho intenso nas bocas de fumo, barreiras e abordagens tem favorecido e muito para o bom resultado. No entanto, não podemos esquecer-nos de destacar que as ações realizadas durante as operações do Bairro Seguro também favoreceram o bom resultado das ações sem contar que a integração de todos os representantes das forças de segurança também ajudou na retirada do armamento das mãos dos criminosos”, finalizou a delegada. (RA) 
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.