Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Delegado dr carlos de alta floresta
Quatro pessoas foram detidas na tarde de ontem (03) no município de Nova Bandeirantes, após disparos contra agentes da Polícia Judiciária Civil. Ao realizar uma intimação em uma residência na área urbana do município os agentes foram recebidos com tiros, dois homens foram mortos. No local estão presentes Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar e Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).
A ação mobiliza 28 agentes de segurança pública, que ainda se encontram no local em busca de um homem, já identificado. Quatro pessoas foram detidas, e três armas de fogo apreendidas. Um policial civil lotado em Nova Bandeirantes, identificado como Heleno, acabou baleado na troca de tiros, atingido no ombro a bala acabou ficando alojada, mas não corre risco de morte.
Por telefone o delegado responsável pelo Garra, Dr. Carlos Francisco, informou ao FlorestaNet que as diligências continuam, apesar da forte chuva no município. Foram detidos Marciano Gomes Pinto, Hélio Santos Ribeiro e Daniel Natalino de Souza, este acusado da morte registrada contra Cleonice Lopes de Oliveira ocorrido no dia 21 de Dezembro passado no bairro Vila Rica.
Os mortos ainda não foram identificados, o caso segue em andamento no município de Nova Bandeirantes.
 Fonte: Eliza Gund/FlorestaNet

Quatro pessoas são presas e dois morreram em confronto com a polícia em Nova Bandeirantes Quatro pessoas são presas e dois morreram em confronto com a polícia em Nova Bandeirantes Quatro pessoas são presas e dois morreram em confronto com a polícia em Nova Bandeirantes Quatro pessoas são presas e dois morreram em confronto com a polícia em Nova Bandeirantes Quatro pessoas são presas e dois morreram em confronto com a polícia em Nova Bandeirantes
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.