Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: Reprodução/Facebook
R$ 100 milhões de emendas para saúde virá para MT em fevereiro
O recurso de R$ 100 milhões para a saúde, total destinado às emendas da bancada federal de Mato Grosso deve chegar ao estado somente no começo do mês de fevereiro. A informação foi confirmada pelo governador Pedro Taques (PSDB), que esteve em uma reunião com o ministro-chefe da secretaria de Governo, Carlos Marun na tarde desta quarta-feira (17).



Em seu perfil em uma rede social, o governador confirmou que está na capital federal para tratar da liberação da emenda da bancada federal destinada a saúde. Segundo ele, a previsão para a chegada da ‘ajuda financeira’ é no dia 10 de fevereiro.

O secretário de Estado de Assuntos Estratégicos, Jean Campos e o deputado Federal Victório Galli (PSC) também participam do encontro. O parlamentar e avalia que a reunião foi positiva já que deixaram o encontro com uma previsão de pagamento. Segundo ele, a emenda impositiva de bancada já está empenhada, aguardando apenas liberação da Casa Civil para que o Ministério da Saúde possa efetivar o pagamento.

O dinheiro das emendas constavam no orçamento no ano passado e está sendo cobrado por servidores e pelas instituições de saúde. Em Cuiabá, os três hospitais filantrópicos pararam na última segunda-feira (15) de receber pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por falta de recursos.

FEX

O governador também solicitou ao ministro uma agenda com a bancada federal e também os governadores dos Estados que mais recebem o Auxílio de Fomento às Exportações (FEX). Segundo Pedro Taques, o dinheiro está vindo no fim dos anos e só depois de um grande trabalho de articulação política. O governador mato-grossense acredita que a melhor forma de pagamento sejam em parcelas ao longo do ano.

Mato Grosso é o Estado que mais recebe o FEX devido ao grande volume das exportações de commodities, que saem in natura e o Governo do Estado é impedido de cobrar ICMS, por conta da Lei Kandir.

Como compensação pelo não pagamento de impostos, o Governo Federal destina cerca de R$ 2 bilhões ao FEX. Mato Grosso fica com cerca de R$ 400 milhões deste total, sendo que 25% vão para as contas dos 141 municípios.  

“Eu creio que o ministro Marun e o presidente Michel Temer vão entender essa necessidade dos governadores e prefeitos. O pagamento do FEX deve acontecer ainda no meio deste ano e isso vai ajudar muito os estados e também os municípios.
Fonte: Olhar Direto
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.