Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

taques-favaro
 Governador Pedro Taques diz  confiar em Fávaro e destaca a  parceria com vice pelo Estado



O governador Pedro Taques (PSDB) diz duvidar do senador Wellington Fagundes (PR) quando afirma que teria sido procurador pelo vice, Carlos Fávaro (PSD), para tratar sobre uma eventual candidatura ao Executivo do social-democrata, caso o chefe do Executivo seja afastado.O tucano declara que Fávaro nunca tratou sobre a pretensão de enfrentá-lo nas urnas e garante que os dois estão juntos, visando boas ações ao Estado.
A ruptura com Taques e a possibilidade de uma candidatura ao Governo é defendida por um setor do PSD. O presidente nacional do PSD, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Gilberto Kassab, contaria com o vice para concorrer ao governo em outubro.
“Não me incomodo [com a afirmação de Wellington]. Acredito mais no Fávaro, do que no Wellington”, declara Taques, após o lançamento de mais uma unidade do Ganha Tempo, no CPA I, em Cuiabá.
No final de semana, Wellington disse que Fávaro teria procurado todos os partidos (PR, MDB, PP e PTB), que hoje estão unidos para contrapor Taques. A oposição já cogita a possibilidade do vice assumir a cadeira do chefe do Executivo, por exemplo, se o governador for afastado pela Assembleia, articulação que começa a ganhar força neste ano ainda mais com a instalação da CPI dos Fundos, que investiga suposto desvio de finalidade dos recursos do Fundeb e do Fethab.
Os parlamentares ainda possuem mais duas ferramentas para fazer pressão em Taques, sendo elas a votação das contas do exercício de 2016, que ficará para o próximo mês, e os constantes atrasos no duodécimo dos Poderes. Nos bastidores, parlamentares descontentes cogitam utilizar um desses instrumentos para afastar o tucano.
Fonte: RD News
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.