Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Ele anunciou na manhã desta segunda-feira que está fora da disputa, que não irá apoiar ninguém e que fica no ministério até 31 de dezembro.



Blairo Maggi (PP), ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no governo Temer (MDB) não vai mesmo disputar a reeleição ao Senado Federal nas eleições de outubro. Ele anunciou na manhã desta segunda-feira que está fora da disputa, que não irá apoiar ninguém e que fica no ministério até 31 de dezembro.
Os rumores que abalaram a classe política durante toda a semana passada foram confirmadas na coletiva que o ministro deu nesta manhã, na sede da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Blairo chegou afirmando que não vai disputar a reeleição e que já tinha tomado a decisão há algum tempo – em várias oportunidades em conversas informais ele já acenava que não pretendia disputar mais cargos eletivos -. Ele explicou que resolveu anunciar a decisão de forma oficial para evitar um possível travamento às tratativas de outros candidatos ao Senado.
“Há algum tempo venho amadurecendo essa situação. A grande maioria dos companheiros sabia dessa minha posição. E chegou hora de definição, do anúncio oficial”, afirmou o ministro. “Por que tem que ser hoje? Pois entendo que o quadro político de Mato Grosso, embora eu não participe das discussões, meu nome acaba ficando ancorado nesse processo. Percebo que enquanto eu não tomar decisão, muitas coisas não se definem”, disse Maggi.
O ministro disse que desde o início do ano vem recebendo pedidos para participar do processo político e até ajudar pretensos candidatos ao governo do Estado. Ele assegurou que seu objetivo neste final de mandato, onde vai permanecer licenciado é continuar trabalhando como ministro de Temer e, portanto, não interferir no processo político, sem ajudar ninguém.
“Como já havia tomado a decisão de não participar do pleito de 2018, achei por bem comunicar essa decisão a todos que estão interessados na política, seja os partidos ou as pessoas que querem disputar. Não quero nem participar das discussões de quem vai ser ou não candidato. Não vou declarar apoio a nenhum. Eu sou cidadão e vou votar. Mas não quero estar nas discussões de quem será candidato”.
Blairo Maggi iniciou sua carreira política em 2002 ao disputar pela primeira vez o governo do Estado, sendo vencedor no primeiro turno. Em 2006 disputar a reeleição e em 2010 deixou o governo para disputar o Senado Federal, sendo o mais votado em Mato Grosso. Em 2017, aceitando ao convite do presidente Michel Temer, Blairo tomou posse como ministro da Agricultura no lugar de Katia Abreu.
Aposenta sua carreira política após 16 anos de atividade.

Maggi que está com 61 anos confirmou que pretende se dedicar à família e a empresa a partir de 2019, ano em que termina seu mandato de senador licenciado e ministro do governo Temer.
Fonte:24 Horas New
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.