Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Jogador do Operário-MS bate em gandula e Comerário termina em confusão

O atacante do Operário-MS Jeferson Reis espancou um dos gandulas no fim do jogo contra o Comercial-MS, neste domingo (18), no estádio Morenão, em Campo Grande. Depois disso, o clássico Comerário, válido pela 7ª rodada do Campeonato Sul-Mato-Grossense, terminou em confusão.
Jogo apertado e o gol do Comercial-MS saiu aos 45 minutos do segundo tempo, com Jô. Aí começou a confusão. O gandula Tadeu Francisco, de 19 anos, que joga nas categorias de base do colorado, comemorou o gol na beira do campo.
Alguns jogadores e os membros da comissão técnica do Operário-MS não gostaram, foram correndo pra cima dele e agrediram o jovem. O gandula correu tentando sair da confusão, mas Jeferson Reis, que estava no banco de reserva, correu atrás do gandula, o derrubou e o espancou.
O jovem está com suspeita de fratura no nariz. A confusão se generalizou e o jogo acabou ali. A Polícia Militar (PM) entrou em campo para acalmar os ânimos e também foi ao vestiário para prender o jogador, mas o atleta já tinha ido embora do estádio.
O massagista do Operário-MS, Raul Prazeres, foi preso por lesão corporal e levado para a delegacia. A diretoria do Galo disse que o jogador vai se apresentar à polícia. O gandula foi para a delegacia e a família dele iria acompanhá-lo para registrar a agressão.
O advogado do Comercial, Reinaldo Leão, se colocou à disposição do jovem agredido para tomar as medidas judiciais contra todos os envolvidos.
Fonte:Globo Esportes 
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.