Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

MT recebe propostas para leilão de concessão de 300 km de rodovias
O Governo de Mato Grosso recebeu nesta quarta-feira (21.02), na Bolsa de Valores B3 (antiga BM&F Bovespa), em São Paulo, os envelopes com propostas para o Leilão de Concessão de 300 quilômetros de rodovias estaduais do Pró-Estradas Concessões: Programa de Parcerias com o Setor Privado para Investimentos na Logística de Mato Grosso. O leilão está confirmado para ocorrer no dia 28 de fevereiro, com a presença de autoridades.
Dois licitantes vão concorrer à concessão dos trechos de 111,9 km da rodovia MT-100 em Alto Araguaia (Lote 1) e de 188,2 Km da rodovia MT-320 | MT-208 em Alta Floresta (Lote 2). O Governo do Estado pretende firmar aproximadamente R$ 3,47 bilhões em contratos, e serão investidos cerca de R$ 867 milhões em novas obras e R$ 951 milhões na manutenção e na conservação dos trechos ao longo do contrato.
O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, avaliou que a procura das empresas pelos trechos atendeu as expectativas. “Não existe crescimento sem investimento. Em meio à crise econômica que se apresenta, é necessário a maximização dos recursos de origem pública privada. Hoje estamos dando um grande salto e a procura das empresas pela concessão destes lotes atendeu nossas expectativas”.
Leilão na Bolsa
Na quarta-feira (28.02), às 10h, na B3, em São Paulo, será realizada a abertura dos envelopes e o leilão para concessão das rodovias. A expectativa do Governo é que os licitantes paguem mais de R$ 40 milhões em outorgas ao caixa estadual durante a execução do contrato.
Após finalizar os procedimentos, o governo deve fazer a assinatura dos contratos para que até o fim do primeiro semestre deste ano as empresas comecem a atuar.
Segundo o secretário Marcelo Duarte, o processo de recebimento dos envelopes ocorreu de forma transparente e obedeceu a critérios rigorosos para assegurar, ao final, qualidade do serviço que será prestado ao usuário.
"Após a realização do credenciamento das corretoras e dos representantes legais das empresas, todos os envelopes foram lacrados em malotes durante a sessão pública e guardados no cofre", explicou.
A Bolsa de Valores analisará as garantias das propostas ofertardas, segundo as regras do edital e do manual de procedimentos anexos. O resultado da análise pela Comissão Especial será publicado no Diário Oficial.
As empresas consideradas aptas por terem atendido às exigências do edital e anexos, participarão do leilão que será transmitido ao vivo pela B3 e acompanhado por autoridades, entre elas, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, deputados e concessionários. 
Lote 3
Devido ao lote 3, das rodovias MT-246, 343, 358 e 480 (Tangará da Serra), apresentar maior extensão (233,20 km) e complexidade elevada em relação aos demais lotes e consequentemente, maior volume de investimentos a serem realizados pelo concessionário, o Estado decidiu prorrogar a sessão pública para entrega dos envelopes, reagendada para o dia 12 de abril. Já o leilão deste lote está previsto para 18 de abril.
2ª fase concessões
Serão incluídos no programa mais de 2.600 km, divididos em 12 trechos rodoviários, com investimentos superiores a R$ 6 bilhões. Ao todo, serão concedidos (somadas as duas fases) 3.126 km de rodovias. Para estes outros lotes, o Estado publicou o PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse), instrumento democrático para o planejamento de concessões, onde o Estado e as empresas atuam. As empresas apresentam estudos de interesse antes da realização da licitação pelo Estado.
"Entendemos que as concessões são instrumentos modernos para garantir a qualidade das rodovias estaduais. O Pró-Estradas Concessões é um programa que vem somar como uma nova agenda de desenvolvimento de Mato Grosso. O Brasil hoje não tem como pensar em fazer investimentos em infraestrutura sem Parcerias Público Privadas (PPP). A essência do programa é trazer o capital privado para investir no Estado”, afirmou Marcelo Duarte.
A atual administração estadual tornou mais eficiente o modelo de concessão, visando fortalecer a segurança jurídica e ajudar Mato Grosso a retomar o crescimento a partir dos investimentos na melhoria da infraestrutura. O trabalho de modelagem das concessões foi feito pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), com apoio da MT Parcerias S.A (MT PAR), Agência de Regulação dos Serviços Públicos (Ager) e consultoria contratada pelo Estado.
Fonte:Betell Fontes | Sinfra-MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.