Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O Palmeiras passou pelo seu principal teste até aqui no Campeonato Paulista: venceu o Santos, neste domingo, por 2 a 1 no Allianz Parque e manteve-se como o único com 100% de aproveitamento após cinco rodadas no Estadual.
Com direito à estreia de Gustavo Scarpa, o Verdão marcou com Antônio Carlos e Borja. Renato descontou para o Peixe, que para nos sete pontos, ainda lidera o Grupo D e espera ansiosamente pela reestreia de Gabigol.
Domínio alviverde
O início do clássico foi todo a favor do Palmeiras. Com triangulações e jogadas pelos lados do campo, o time acumulou escanteios, até Dudu cobrar um deles na cabeça de Antônio Carlos, que fez seu primeiro gol pelo Verdão e abriu o placar. Lucas Lima ainda acertou a trave em uma cobrança de falta. Isto tudo com seis minutos de partida.
Reação alvinegra...
O Santos, mesmo sem Gabigol (ainda buscando a melhor condição física) e Bruno Henrique (lesionado), soube reagir à pressão inicial. Além de dificultar a criação palmeirense, criou oportunidades para empatar, com Arthur Gomes e Sasha. Jailson pegou as duas. O primeiro tempo acabou equilibrado.
...e outra blitz palmeirense
O problema é que após o intervalo o Verdão mais uma vez começou melhor e ampliou o placar, com Borja. Foi o primeiro gol do colombiano em clássicos, em uma jogada toda sua, realizada com Willian.
Gol irregular reanima o Peixe
Tendo de queimar duas substituições por problemas físicos, Jair viu o Santos não atuar tão bem, mas o time voltou ao clássico quando descontou o placar com Renato, de cabeça. A jogada começou de forma irregular, pois a bola saiu, mas o trio de arbitragem não percebeu e validou o gol. Dali em diante, o Peixe dependeu de jogadas aéreas para empatar, sem sucesso.
Reencontro e estreia
Lucas Lima enfrentou o Santos pela primeira vez desde que optou pelo Verdão e teve uma atuação regular, um pouco mais irritado que nos outros jogos. No fim, deu lugar para Scarpa fazer a estreia no Verdão, único time com 15 pontos depois de cinco rodadas no Paulista.
Rodrygo, a última cartada
O menino de 17 anos, uma das grandes promessas do Peixe, foi a última substituição de Jair, mas mesmo com ele foram poucas oportunidades. Apesar da derrota, o time ainda é o melhor no Grupo D.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 1 SANTOS
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data-hora: 4/2/2018 - 17h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Daniel Luis Marques
Público/renda: 37.867 torcedores/R$ 2.821.680,24
Cartões amarelos: Lucas Lima, Tchê Tchê, Felipe Melo e Victor Luis (PAL); Caju, Arthur Gomes, Alison e Copete (SAN)
Gols: Antônio Carlos, 2'/1ºT (1-0); Borja, 4'/2ºT (2-0); Renato, 17'/2ºT (2-1)
PALMEIRAS: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo, Tchê Tchê (Bruno Henrique - 36'/2ºT) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa - 41'/2ºT); Willian, Dudu (Keno - 29'/2ºT) e Borja. Técnico: Roger
Fonte: Lance
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.