Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Outra hipótese que deve ser investigada, é o crime de latrocínio, pois cerca de R$8 mil teria sumido da residência.
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

O Comando Regional VIII da Polícia Militar com sede em Juína confirmou o registro de um homicídio e uma tentativa de homicído no município de Castanheira (45 km de Juína) nesta quinta-feira. Os policiais estão no local, por isso a redação recebeu poucas informações sobre a ocorrência. 
 
Os bandidos entraram na residência mataram José Geraldo de Souza, 47, que era mais conhecido como “Preto” e feriram gravemente o pai dele, José Luiz de Souza, 81, o “Zé da Cândida”, que é um produtor rural conhecido na cidade. O pai está internado em Juína e ainda não foi divulgado o seu estado de saúde.
 
O que se pode afirmar por enquanto é que os crimes podem ter ligação com as recentes invasões de propriedades no município, outras hipóteses também devem ser investigadas, como latrocínio (roubo seguido de morte). O Repórter em Ação recebeu informação que na residência tinham cerca de R$ 8 mil. Além do dinheiro, armas e uma moto foram levados da residência.
 
Em setembro de 2017, essa propriedade foi alvo de invasões. Na época, a justiça determinou a reintegração de posse e os invasores foram retirados da área. Após o cumprimento da ordem judicial, um dos filhos do proprietário disse à Transamérica que estava recebendo ameaças de morte e chegou a citar nomes.
 
Em entrevista exclusiva a Transamérica Fm de Castanheira, Preto falou dessas ameaças. “Na hora que eu estava saindo, ele [invasor] falou que em 72 horas voltava, aí eu virei e falei: vocês podem até ser muito homem, mas não é tanto assim não. Aí ele fez assim comigo, vou voltar e se vocês encherem o saco, vou cortar vocês tudo no tiro, matar você, seu pai, matar tudo”, detalhou afirmando que não registrou Boletim de Ocorrências. “Nem mexi com isso não, tô cansado de b.o e não vira em nada”, finalizou. 

Fonte:Repórter em Ação
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.