Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Algumas denúncias foram registradas pela Polícia Civil de Cuiabá em relação a um golpe que está sendo aplicado por aplicativo de celular. Os golpistas enviam mensagens por aplicativo para celular (WhatsApp) afirmando que são funcionários do Detran e que tentam oferecer baixas em multas, vender veículos de leilão e Carteiras de Habilitação sem a realização de provas.
A autarquia reitera que são mensagens falsas para denegrir a imagem de servidores públicos da Autarquia.
As baixas de valores relacionados a taxas, IPVA e multas de veículos somente podem ser realizadas via sistemas vinculados a bancos credenciados, cuja arrecadação junto a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), por meio da conta única do estado, e posteriormente informado ao sistema Detrannet. Ou seja, não há a possibilidade de isenção ou retirada de débitos por terceiras pessoas. Há um rigoroso monitoramento desses dados, e qualquer atividade suspeita identificada é investigada, com encaminhamento das informações aos órgãos de controle do Estado.
A Coordenadoria de Fiscalização de Credenciados (CFISC), Corregedoria Setorial e a Comissão de Ética do Detran trabalham integradas, e estão em constante fiscalização das ações internas e denúncias, que são pontualmente apuradas.
Quanto ao procedimento de leilão, o mesmo é realizado por leiloeiros cadastrados na Junta Comercial do Estado e todo o procedimento de leilão é publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e acompanhado pela Comissão Especial de Leilão do órgão. A Carteira Nacional de Habilitação é um documento oficial e somente expedido após aprovação em provas práticas e teóricas.
O Detran orienta que essas mensagens não sejam repassadas por serem falsas, e que as pessoas que tiverem suas imagens utilizadas indevidamente nas mensagens falsas procurem uma Delegacia de Polícia Judiciária para registro de boletim de ocorrência, 
Fonte:Nativa News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.