Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A análise preliminar do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) apontou, através do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer), que o avião Cessna Aircraft, modelo C172, que caiu às margens da MT-358, pode ter sido provocado, por falta de visualização do piloto, da rede de alta tensão, localizada próxima à cabeceira da pista do aeródromo em Tangará da Serra (241 quilômetros de Cuiabá).
O acidente correu em janeiro do ano passado e as e as investigações ainda não foram concluídas. Consta no histórico oficial do Sipaer, que durante a aproximação para pouso, o piloto não visualizou uma rede elétrica vindo a chocar-se com a fiação, perdeu o controle da aeronave e colidiu com o solo. O Cessna teve danos substanciais.
Quatro pessoas estavam na aeronave e duas faleceram no local - José Torres Sobrinho, 59 anos, e sua esposa Solésia Stringari Torres que foram sepultados em Cascavel (PR). No avião também estavam a filha do casal, de 28 anos, e o esposo dela que se feriram.
Imagens de uma câmera de segurança mostram o avião em procedimento de pouso e se aproximando de uma pista, às margens da MT-358.

Fonte: Só Notícias/Cleber Romero (foto: reprodução)


Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.