Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Resultado de imagem para Micro e pequenas empresas poderão aderir ao Refis e renegociar dívidas tributáriasPequenos e microempresários ganharam um fôlego nos negócios após o Congresso Nacional derrubar, nesta terça-feira (03/04), o veto do presidente Michel Temer ao programa de refinanciamento de dívidas das micro e pequenas empresas (o Refis das PMEs). A derrota do governo na Câmara (por 346 votos a 1) e no Senado, segundo site oficial (de 56 votos a zero), beneficiará cerca de 600 mil empresas cadastradas no Simples Nacional que devem, juntas, aproximadamente R$ 21 bilhões em impostos, segundo cálculos do Sebrae.

A Fecomércio-MT encaminhou no início do mês passado, um manifesto aos senadores da bancada mato-grossense pedindo apoio na derrubada do veto. O presidente da entidade, Hermes Martins da Cunha, explica que “o Refis ao micro e pequeno empresário, permite a esses comerciantes, que passaram por uma dura crise financeira, a regularização de seus débitos, tendo assim, a oportunidade de continuar gerando emprego e renda”, disse Hermes.

O programa poderá ser utilizado por empresas com impostos vencidos até novembro de 2017 e para aderir ao Refis, elas terão que dar uma entrada de 5% do total devido à Receita – quantia que poderá ser dividida em até 5 vezes, com prestações acrescidas da taxa Selic e de mais 1%. As empresas interessadas terão 90 dias após a publicação da lei para aderir ao programa.

Com isso, As PMEs que aderirem ao Refis terão redução nos juros e na multa pelo não pagamento dos impostos, além de extensão do prazo para quitar a dívida. Os financiamentos serão de até 175 meses, com prestações mínimas de R$ 300.

Fonte: Folha Max
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.