Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


O Palmeiras está nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o Verdão encarou o Boca Juniors em La Bombonera, jogou bem e venceu por 2 a 0. Os tentos de Keno e Lucas Lima garantiram a classificação palestrina com duas rodadas de antecedência na fase de grupos.
O jogo foi em Buenos Aires, mas os primeiros dez minutos davam a impressão de que a partida era no Allianz Parque. O Alviverde começou o duelo pressionando o Boca Juniors e sem deixar os donos da casa saírem jogando.
Com o tempo, o duelo ficou mais equilibrado e os dois times começaram a marcar a partir de seu campo defensivo. Com duas linhas de quatro bem postadas, o Palmeiras conseguia não sofrer sustos e ainda levar perigo no ataque.
Sem um meia de ligação, já que Cardona esteve no banco de reservas, o Boca tinha muitas dificuldades para furar o bloqueio defensivo visitante. A única opção de perigo era pelo lado esquerdo, onde Marcos Rocha e Keno tinham muito trabalho para conter Pavón.
E em uma dessas ironias do futebol, foi justamente de Marcos Rocha a assistência para Keno, de cabeça, abrir o marcador já aos 39 minutos do primeiro tempo. Antes do intervalo, Ábila ainda perdeu uma chance inacreditável de empatar e balançou as redes em jogada parecida e bem anulada pela arbitragem.
Na etapa final, o Palmeiras foi novamente prejudicado pela arbitragem. Tevez recuou mal e Lucas Lima driblou o já amarelado Magallán, que fez nova falta. A arbitragem marcou apenas a falta.
Polêmicas à parte, o Verdão mudou completamente sua estratégia para o jogo. Com Willian na vaga de Borja, lesionado, o Palmeiras ganhou mais velocidade para jogar nos contra-ataques, mas recuou demais e começou a sofrer pressão do Boca Juniors. Quando conseguia desafogar e chegar ao ataque, quase sempre pegava os xeneizes no mano a mano.
E foi desta maneira que, após desperdiçar contra-ataque com Keno, o Maior Campeão do Brasil ampliou na Bombonera. Em lançamento para Dudu, o goleiro Rossi deixou a meta para cortar de cabeça e trombou com um companheiro. A bola sobrou para Willian, que tentou por baixo, mas Vergini impediu. Lucas Lima ficou com a sobra, bateu primeira na zaga, e depois conseguiu encobrir o goleiro para marcar o segundo tento palestrino.
O resultado faz o Palmeiras chegar aos dez pontos no Grupo 8, cinco acima do próprio Boca. Junior Barranquilla, com três, e Alianza Lima, com um, completam a chave e ainda se enfrentam nesta quinta-feira.
Pela Libertadores, o Palmeiras enfrenta o Alianza Lima, dia 3 de maio, às 21h30 (de Brasília), no Peru. Já no Brasileirão, o Verdão pega a Chapecoense, neste domingo, às 16h, no Allianz Parque.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Juan Mabromata/AFP)
   
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.