Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Polícia busca informações que levem a prisão outros membros de organizações criminosas

operacao.jpg

Treze mandados de busca e apreensão são cumpridos na manhã desta terça-feira (24.04), em continuidade ao trabalho de repressão a facções criminosas.  As ordens,  expedidas pela Vara do Crime Organizado (7ª Vara), são executadas no âmbito da operação "Panóptico Integrada - Fase 2", pela Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar e Polícia Federal, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Segurança Pública.
Os mandados foram representados pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) para buscas e apreensões de materiais probatórios, com foco a fortalecer investigações desenvolvidas na unidade, referente a atuação de integrantes de organização criminosa, liderados por faccionados recolhidos em unidades prisionais de Mato Grosso.
A ordens judiciais são cumpridas em endereços residenciais nos bairros CPA (setores I, II, III e IV), Jardim Umuarama, Jardim Brasil, Altos da Serra, Jardim Florianópolis e Jardim Milênio, todos localizados em Cuiabá. 
A operação de caráter preventivo objetiva coletar dados sobre a facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, na prática de diversos crimes como tráfico de drogas, atentados a membros e órgãos públicos, crimes patrimoniais (roubos e furtos em residências, comércios e veículos), homicídios, explosão de caixas eletrônicos e outros. 
Conforme  o secretário de Segurança Pública, Gustavo Francisco Garcia, a ação mais uma vez demonstra a união e os esforços dos órgãos estaduais e agora com reforço federal no combate ao crime organizado.
"Estamos potencializando  nossas forças operacionais, incluindo todo o sistema de segurança pública estadual, sistema penitenciário, o Ministério Público, o Poder Judiciário, e agora a Polícia Federal,  para trabalhos conjuntos em resposta as ações da criminalidade organizada", afirmou.
Nome
Panóptico - significa construção, cuja estrutura faz com que se consiga observar a totalidade da sua superfície interior a partir de um único ponto. O termo foi utilizado pelo filósofo e jurista inglês Jeremy Benthan em 1785, para designar um modelo de penitenciária ideal.
Fonte: Folha Max
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.