Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A Polícia Militar de Aripuanã, com apoio da Força Tática de Juína, apreendeu 26,2 kg de pescado irregular que estavam em uma embarcação de madeira, na tarde de terça-feira (17). Segundo a polícia, os exemplares apreendidos são da espécie Piau e havia também, peixes da espécie Curimba, jogados na barranca do rio. A operação foi em torno do Complexo Turístico.
Conforme a polícia, a suspeita é de que os peixes tenham sido capturados, por material proibido de pesca predatória (tarrafas ou redes). O dono da embarcação, o senhor Pedro Gonçalves da Silva foi conduzido para a Central da Policia Militar, para confecção de Boletim de Ocorrência (BO), em seguida para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, onde saiu após ser arbitrada fiança.
De acordo com os policiais militares, os peixes apreendidos continham marcas de redes ou de tarrafas, e o pescador não possuía qualquer tipo de documentação de pesca amadora ou profissional. O local onde se encontrava o suspeito é um lugar de cachoeiras, onde por Lei, é extremamente proibida a pesca.
Conforme o delegado Dr. Alexandre da Silva Nazareth, o senhor Pedro responderá por Crime Ambiental, previsto na Lei 9605/98, sobre o Art.34 do paragrafo único do inciso II (pescar quantidades superiores às permitidas, ou mediante a utilização de aparelhos, petrechos, técnicas e métodos não permitidos). O pescado aprendido foi doado para instituições da Casa Transitória de Aripuanã.
As informações repassadas pelos órgãos competentes são de que as fiscalizações continuam, para a proteção do Meio Ambiente do Município. Mais informações ou denuncias podem ser feitas pelo telefone via 190 da Policia Militar, (66)3565-1433 da Policia Judiciária Civil ou (66)3565-2950 da Secretaria de Meio Ambiente de Aripuanã.
Fonte: TOPNEWS
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.