Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A Polícia Militar de Aripuanã, com apoio da Força Tática de Juína, apreendeu 26,2 kg de pescado irregular que estavam em uma embarcação de madeira, na tarde de terça-feira (17). Segundo a polícia, os exemplares apreendidos são da espécie Piau e havia também, peixes da espécie Curimba, jogados na barranca do rio. A operação foi em torno do Complexo Turístico.
Conforme a polícia, a suspeita é de que os peixes tenham sido capturados, por material proibido de pesca predatória (tarrafas ou redes). O dono da embarcação, o senhor Pedro Gonçalves da Silva foi conduzido para a Central da Policia Militar, para confecção de Boletim de Ocorrência (BO), em seguida para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, onde saiu após ser arbitrada fiança.
De acordo com os policiais militares, os peixes apreendidos continham marcas de redes ou de tarrafas, e o pescador não possuía qualquer tipo de documentação de pesca amadora ou profissional. O local onde se encontrava o suspeito é um lugar de cachoeiras, onde por Lei, é extremamente proibida a pesca.
Conforme o delegado Dr. Alexandre da Silva Nazareth, o senhor Pedro responderá por Crime Ambiental, previsto na Lei 9605/98, sobre o Art.34 do paragrafo único do inciso II (pescar quantidades superiores às permitidas, ou mediante a utilização de aparelhos, petrechos, técnicas e métodos não permitidos). O pescado aprendido foi doado para instituições da Casa Transitória de Aripuanã.
As informações repassadas pelos órgãos competentes são de que as fiscalizações continuam, para a proteção do Meio Ambiente do Município. Mais informações ou denuncias podem ser feitas pelo telefone via 190 da Policia Militar, (66)3565-1433 da Policia Judiciária Civil ou (66)3565-2950 da Secretaria de Meio Ambiente de Aripuanã.
Fonte: TOPNEWS
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.