Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

CVC é condenada a pagar casal mato grossense por danos morais
Por decisão da juíza Ana Paula da V. Carlota Miranda, da Quinta Vara Cível de Cuiabá, a empresa de turismo CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A, deverá indenizar o casal cuiabano N.Z. e Y. D. S. S., em R$ 15 mil, a título de danos morais, após a empresa cancelar as reservas de hospedagem feitas pelo casal, que comprou um pacote de viagens para a Europa. A decisão foi publicada no Diário Oficial de Justiça da última terça-feira (22).
De acordo com a ação, o casal comprou um pacote de viagem para conhecer Londres, Paris, Amsterdã e Berlim em 2014. Na ação, o casal conta que ao chegar em Londres, foi informado pelo Hotel Holiday inn Express, que as reservas foram canceladas pela agência. Eles entraram em contato com o agente de viagem, que não ofereceu uma solução para o problema. 
O casal optou por custear do próprio bolso a hospedagem para poder permanecer no local. A CVC informou, no dia seguinte, que o valor seria ressarcido, porém não cumpriu com a promessa. Após quatro dias, o casal seguiu para Paris, permanecendo na cidade por cinco dias sem qualquer imprevisto.
Depois desembarcaram em Amsterdã. Um dia após chegar ao local, o casal saiu para conhecer a cidade e, ao retornar ao hotel, foi surpreendido com a informação de que as reservas tinham sido canceladas pela agência, sendo necessário novamente arcar com o custo da estadia do hotel. O casal afirma que precisou emprestar dinheiro dos pais para conseguir custear o restante da viagem.
A CVC apresentou à Justiça cópias de voucher para tentar comprovar a confirmação das reservas nos hotéis, porém o casal comprovou os pagamentos das diárias.
Diante da situação a magistrada entendeu que houve “evidente falha na prestação dos serviços por parte das rés, bem como grave constrangimento e frustração a que os autores foram submetidos, ainda mais se tratando de viagem romântica previamente planejada”.
Fonte: Repórter MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.