Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Governo de MT suspende expediente e aulas nesta segunda-feira por greve dos caminhoneiros
governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), assinou neste domingo (27) um decreto que suspende o expediente de servidores e aulas estaduais nesta segunda-feira (28). A medida foi tomada por causa da greve dos caminhoneiros, que causou o desabastecimento em postos de gasolina e supermercados no estado.
No sábado (26) o governo decretou situação de emergência por causa da greve dos caminhoneiros. Além disso, Taques, que estava em Sinop, a 503 km de Cuiabá, cancelou a agenda para se reunir com representantes do governo e discutir os reflexos da crise em Mato Grosso. No decreto, assinado por Taques e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Júlio Modesto, o governo decidiu suspender o expediente na segunda-feira.
“Considerando a paralisação geral dos caminhoneiros e o consequente desabastecimento de combustível em todo o estado, gerando transtorno nos transportes públicos e particulares, desabastecimento em supermercados, hospitais e desordens em outros segmentos”, diz trecho do decreto.
Para o governo, se continuasse com o expediente diante desse contexto, a situação seria agravada e afetaria os servidores e toda a população mato-grossense.
A medida não se aplica às forças de segurança e serviços essenciais, como policiais militares, civis, bombeiros, Segurança Pública, Saúde, Departamento de Trânsito (Detran) e outros.
No final do decreto, Taques determina a suspensão das aulas nas unidades escolares estaduais. Os alunos terão as aulas repostas nos primeiros dias do recesso do mês de julho.
Fonte: G1 MT
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.