Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Indea alerta produtores sobre prazo da 1ª etapa de vacinação contra febre aftosa
A primeira etapa de vacinação contra febre aftosa de 2018 termina na quinta-feira (31.05), em Mato Grosso. O produtor deve vacinar todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando, com exceção das propriedades localizadas no baixo Pantanal. A estimativa para a campanha de maio é imunizar 29 milhões de animais. Até a última quarta-feira (23.05), 39% das propriedades haviam comunicado a vacinação nos escritórios do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), o que representa apenas 38,11% do rebanho a ser vacinado nesta etapa.
A presidente da autarquia, Daniella Bueno, frisou que além do prazo para a vacinação do rebanho há ainda o da comunicação da imunização ao Indea. “É importante que o produtor não deixe para a última hora. O período para comunicar a vacinação termina no dia 11 de junho. Ele pode se dirigir ao escritório do Indea da sua cidade, assim que vacinar todo o rebanho da propriedade”. Para efetuar a comunicação, o produtor precisa apresentar a relação dos animais vacinados por faixa etária e sexo, e a nota fiscal da compra da vacina.
A última ocorrência de febre aftosa em Mato Grosso foi registrada em 1996. E desde o ano 2000, o estado é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação, e desde então o estado tem mantido o status sanitário. Há 11 anos o estado mantém o índice de vacinação acima de 99%, dado este que representa o comprometimento do produtor rural, do serviço veterinário oficial e de todos os demais envolvidos na cadeia produtiva.
A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de 1 UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.