Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Colniza, Cotriguaçu, Juruena, Juína, Aripuanã, Castanheira, Apiacas, Paranaita, Brasnorte, Juara e Alta Floresta.

Ministério da Agricultura libera investimento de R$ 6 milhões para cultura de café em MT
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) vai liberar R$ 6 milhões para o Plano de Fortalecimento do Café em Mato Grosso. O recurso deverá promover o plantio do grão por meio de parcerias com a Embrapa, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), universidades e prefeituras da região noroeste do Estado. A tecnologia utilizada é de mudas de café clonal, que são adequadas para a região.
Por meio de publicação em sua página no Facebook, ele explicou que em Mato Grosso já existe um programa voltado à cafeicultura, o Pró Café, e que este benefício servirá como reforço. Além de parlamentares estaduais, participaram da reunião, realizada na terça-feira (28), os prefeitos de Colniza, Cotriguaçu, Juruena, Juína, Aripuanã, Castanheira, Apiacas, Paranaita, Brasnorte, Juara e Alta Floresta.
“Há cerca de um mês estive no estado vizinho, RO, em Alta Floresta do Oeste, para participar de uma audiência pública sobre o café. Também, visitei uma lavoura  de café Robusta (clonal) de 4 hectares, que produz 190 sacas/ha.Desde que estive lá, decidi replicar o modelo em outros estados. E, como Mato Grosso tem solo e clima semelhantes, tenho certeza que teremos ótimos resultados”, disse o ministro.
Atualmente o Pró Café prevê atendimento a 50 pequenos cafeicultores em cada um dos 10 municípios selecionados pelas secretarias municipais de agricultura, que receberão 1 mil mudas de café clonal, assistência técnica in loco, insumos (fertilizante e calcário) e orientação com cursos técnicos que estão ocorrendo desde o ano passado, em parceria entre Seaf, Empaer, Embrapa e prefeituras.
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.