Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Parcerias possibilitaram a reforma e mudança do prédio do CR e garantirão a construção do prédio da Força Tática e do Hotel de Trânsito.


O 8º Comando Regional da Polícia Militar em Juína está promovendo inúmeras melhorias para beneficiar a popuação da região Noroeste do Estado. Uma das ações consistiu na reforma da antiga sede do Ciretran, para a utilização do espaço que fica em uma área central da cidade. Também está preparando a construção de um prédio que vai abrigar a Força Tática e um Hotel de Trânsito para oficiais e praças que passam pela região. Os recursos são provenientes de parcerias com a Justiça do Trabalho.
Além da preocupação com a estrutura física, o trabalho que vem sendo executado tem reflexos positivos na redução de 40% dos índices de criminalidade nos quesitos roubos, furtos e homicídios na região. Especialmente nas cidades de Juína e Colniza, onde havia maior número de ocorrências. “Realizamos um trabalho orientativo e conseguimos atingir o resultado”, pontuou o comandante do 8º CR, tenente coronel Eduardo Henrique de Souza.
Para a reforma, a Justiça do Trabalho destinou R$ 149 mil, cuja obra foi desenvolvida pelos policiais militares como marcenaria, alvenaria e toda parte de pedreiro. “Quando cheguei ao local, há um ano e 7 meses, a grande reivindicação era um local digno para trabalhar e nessa tentativa de melhorar o ambiente começamos procurar prédio para a reforma e deu certo este que era da Ciretran. É algo simples, mas que já refletiu na motivação de toda a equipe, tanto que muitos participaram diretamente da obra”, frisou o comandante.
A credibilidade na parceria já garantiu R$ 600 mil para a construção do quartel da Força Tática e para o Hotel de Trânsito, cujo objetivo é abrigar os militares quando precisam vir a Juína.
“A região é muito distante, é comum os colegas virem para cursos e outros afazeres e não ter onde permanecer. Às vezes são utilizadas as instalações do Corpo de Bombeiros para esse fim. Esse é o objetivo de ter um Hotel de Trânsito, que funcionará junto ao quartel da Força Tática, do quartel do Batalhão e do Comando Regional. Vai ficar tudo na mesma esquina, tudo próximo”, frisou o comandante geral adjunto da PMMT, coronel Alexander Torres Maia, que visitou a região na quinta-feira (14.06), e saiu impressionado com as realizações que vem sendo executadas sob o comando de Henrique.
O projeto, que será construído em terreno doado pela prefeitura de Juína, é considerado arrojado e conta com o apoio da sociedade que já se organiza para fazer leilões de gado e destinar os recursos para mobiliar o prédio.
Segundo Maia, a maneira como a tropa se engajou na proposta demonstra o fortalecimento e a união em prol das conquistas, uma vez que Juína é uma cidade bem organizada, com comércio forte e a PM. Outra iniciativa foi a implantação da rede digital de rádio comunicação, com a troca da rede de rádio do município de Juína de analógica para digital aumentando a segurança da comunicação. E, conforme planejamento do 8º CR, a meta é implementar um sistema de câmeras no município de Juína, assim como nas principais cidades da regional com a finalidade de melhorar o policiamento.
“A Polícia Militar em Juína está revolucionando a maneira como a PM se relaciona com a sociedade e com serviço prestado, é muito bom. Tenho certeza que até o fim do ano essa realidade será ainda melhor”, destacou Maia. Ele explica que essas parceiras intermediadas pelo comandante do 8º CR, tenente coronel Henrique, devem servir de exemplo para outras unidades. “Quando nós queremos que o nosso comando tenha um significado diferente, procuramos opções e alternativas”, destacou o comandante adjunto da PMMT.
Estão sob comando do 8º CR as cidades de Juína, Castanheira, Juara, Porto dos Gaúchos, Tabaporã, Nova Fronteira, Novo Horizonte do Norte, Aripuanã, Cotriguaçu, Juruena, Colniza e Nova União. E os Distritos de Americana do Norte, Paranorte, Conselvan e Guariba.
Visita técnica
A visita em Juína faz parte do calendário pré-agendado de visitas do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar às unidades e Comando Regionais do interior. A expectativa é de que ocorram sempre, ora liderada pelo comandante geral da PMMT, outras pelo comandante adjunto, acompanhado de pequena equipe de oficiais de setores estratégicos, como Gestão de Pessoas, Superintendência de Planejamento Operacional e Estatística e Corregedoria. O objetivo é verificar o andamento das ações, sanar dúvidas, além da troca de experiência.
Na oportunidade foram apresentados ao subchefe de Estado Maior alguns projetos desenvolvidos na regional e realizada a entrega de quimono para o projeto PM Mirim – Jiu-jítsu.
Mesmo com todas as implementações realizadas, ainda há dificuldades relativas à falta de efetivo para comandar algumas unidades pertencentes ao 8º CR, viaturas e estrutura de alguns quartéis.

Fonte: Juína News com Assessoria

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.