Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Justiça suíça concede efeito suspensivo a Guerrero, e peruano poderá disputar Copa
Paolo Guerrero está liberado para defender a seleção peruana a Copa do Mundo. O atacante, condenado pelo TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) a cumprir 14 meses de suspensão pelo doping causado por um metabólito de cocaína, encaminhou o caso para a Justiça Comum da Suíça, que concedeu efeito suspensivo ao jogador, justamente na última instância antes do Mundial na Rússia.
- Efeito suspensivo requerido por Paolo Guerrero garantido pelo presidente da I Divisão Civil da Corte Federal garante a Apelação do jogador peruano de futebol Paolo Guerrero contra a decisão ainda não resolvida do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), um efeito suspensivo superprovisório. O aumento da punição do TAS de seis para 14 meses por quebrar o regulamento anti-doping da Fifa não tem, por ora, efeito - diz o início do comunicado do Tribunal, que acrescenta.
"Como consequência, Paolo Guerrero estará presente na próxima Copa do Mundo da Fifa, que será na Rússia, de 14 de junho a 15 de julho de 2018", completa o comunicado do Tribunal.
O Tribunal Federal da Suíça (TFS) divulgou comunicado nesta quinta-feira confirmando a liberação do capitão da seleção peruana para disputar o Mundial da Rússia. Como o órgão fala em efeito suspensivo superprovisório, pode ser que o atacante ainda precise cumprir o restante da punição após a Copa. Também nesta quinta, o TAS comunicou que não se opunha ao recurso de Paolo no TFS.
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.