Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Energisa e Secretaria de Segurança Pública se unem no combate ao furto de energiaEm busca de uma maior eficiência no combate ao furto de energia, a Energisa Mato Grosso fechou com o Governo do Estado, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SESP), um termo de cooperação técnica, onde ambas trabalharão juntas no combate as ligações clandestinas.
 A assinatura do contrato ac
onteceu no dia 13 de julho, na sede da secretaria e prevê a viabilização de ações conjuntas entre a SESP e a Energisa, otimizando o combate às ligações clandestinas, que coloca em risco os usuários de energia e, bem como as ocorrências de furto de energia elétrica, roubos e atos de vandalismo relacionados aos equipamentos de medição.
Um dos objetivos do trabalho, além de  eliminar riscos à integridade física dos consumidores de energia pelas ligações, é o combate ao furto de energia e a redução as perdas de arrecadação tributária para o Estado e para o Município. Estes valores que passam a ser arrecadados pelo Estado em função da eliminação dos chamados “gatos” de energia, podem ser revertidos em serviços de utilidade pública e de interesse direto da sociedade.
Ao longo do primeiro semestre de 2018, a Energisa realizou mais de 160 mil fiscalizações em todo o Estado. Apenas na região metropolitana, nos últimos seis meses, foram encontrados 13.400 casos de irregularidade. Considerando esse mesmo período, a perda proveniente de furto de energia da Regional Metropolitana corresponde a 40% de todo o estado. Seria o suficiente para atender a cidade de Várzea Grande durante cinco meses
“Estamos muito satisfeitos com essa parceria. É uma forma da Energisa e do Estado trabalharem juntos em prol de um interesse comum, não só para as partes envolvidas como também para toda a população. Furto de energia é crime, e além de trazer riscos aos usuários, traz também maior instabilidade para a rede o que deixa a região mais suscetível a acidentes, incêndios, entre outros perigos. Realizar as fiscalizações com a SESP, certamente, fará com que o trabalho seja ainda mais eficiente e rápido”, comenta Riberto José Barbanera, Diretor Presidente da Energisa Mato Grosso.
Como fruto do termo assinado, duas força tarefas de fiscalização já foram realizados (entre 17 e 18/07) onde 07 estabelecimentos foram notificados, sob suspeita de fraude no medidor e três apreensões foram efetuadas em flagrante.

Fonte:Assessoria
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.