Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Defesa alega que deputado tem que concorrer em "igualdade de condições" com outros postulantes a Assembleia


savi.jpg

O diretório regional do DEM, sob comando do deputado federal Fábio Garcia (DEM), emitiu um documento registrado em cartório garantindo que o deputado estadual Mauro Savi (DEM) é pré-candidato a reeleição. O documento, redigido nesta terça-feira (31), destaca que o nome do parlamentar ainda deverá passar por aprovação em convenção partidária, prevista para ocorrer no dia 4 de agosto.
“É filiado de nosso partido e pré-candidato a concorrer ao cargo de deputado estadual nas eleições gerais de 2018”, diz trecho da declaração.
A declaração foi feita a pedido da defesa do deputado estadual e será usada para pedir a liberdade do parlamentar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). A alegação é de que, como ainda não foi condenado, o parlamentar não deverá encontrar problemas para registrar sua candidatura junto ao Tribunal Regional Eleitoral.
Diante disso, será solicitada a soltura do deputado para que possa fazer campanha em equilíbrio eleitoral com os demais postulantes a uma vaga na Assembleia Legislativa.
Mauro Savi está detido desde o dia 9 de maio, após deflagração da segunda fase da Operação Bererê, denominada Bônus. Ele é apontado como um dos líderes do esquema que desviou mais de R$ 30 milhões do Departamento Estadual de Trânsito.
Além dele, estão presos por conta das fraudes o ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, o advogado Pedro Jorge Taques, além dos empresários Roque Anildo Reinheimer e Claudemir Pereira dos Santos, o “Grilo”.

Fonte: BRENDA CLOSS 
Especial para o FOLHAMAX

dem-savi.jpg

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.