Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Julgada regular a prestação de contas do ex-prefeito de Juruena, Bernardinho Crozetta, quanto à utilização de recursos destinados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) para o transporte de alunos da rede estadual residentes na zona rural do município. Ainda assim, o ex-prefeito foi penalizado com aplicação de multa de 10 UPFs em razão de irregularidade no processo de liquidação da despesa, mediante o atesto de notas fiscais emitidas com prazo de validade vencidas, consideradas inidôneas.
 
A Tomada de Contas Especial para apurar suposta irregularidade na prestação de contas do ex-prefeito de Juruena foi julgada na sessão ordinária do Pleno do Tribunal de Contas de terça-feira (28/08). Os membros do colegiado acompanharam voto do relator do Processo nº 139530/2016, conselheiro interino Luiz Henrique Lima, e votaram pela regularidade das contas, com determinação de multa.
 
Em consonância com parecer do Ministério Público de Contas (MPC), o conselheiro interino ainda recomendou no voto que a atual gestão aperfeiçoe o sistema de controle interno e observe o artigo 63 da Lei n° 4.320/1964 no ato de liquidação de despesas.

Fonte: Da Assessoria TCE-MT

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.