Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

anaina Riva prevê que renovação será baixa no Legislativo
A deputada estadual Janaina Riva (MDB) previu que a renovação na Assembleia Legislativa será de pouco mais de um terço dos atuais parlamentares da Casa de Leis. Para ela, alguns nomes podem surpreender e também analisou a montagem de sua coligação para o legislativo estadual e federal.
De acordo com a parlamentar, a coligação da qual faz parte ficou, segundo ela, extremamente difícil, já apelidada de “Chapão da Morte”. Janaina aponta que são 12 deputados buscando 11 vagas, perspectiva com a qual a chapa formada por PDT, DEM, MDB, PSD, PMB, PHS e PSC trabalha.
Buscam a reeleição Dilmar Dal´Bosco e Eduardo Botelho pelo DEM, Zeca Viana e Allan Kardec pelo PDT, Gilmar Fabris, Wagner Ramos, Pedro Satélite e Ondanir Bortolini “Nininho”, pelo PSD, a própria Janaina Riva, além de Romoaldo Júnior e Silvano Amaral pelo MDB e Sebastião Rezende (PSC). Preso desde maio, o deputado estadual Mauro Savi (DEM) não será candidato a um novo mandato.
A parlamentar aposta ainda que nomes como o do vereador de Cuiabá, Toninho de Souza (PSD), Thiago Silva, de Rondonópolis, além do ex-prefeito de Figueirópolis D’Oeste e ex-presidente do Empaer, Lair Mota da Silva, além do suplente de deputado federal, Xuxu Dal Molin, podem surpreender e levar uma das vagas. “A gente não pode se enganar. Estamos em uma coligação extremamente difícil, com 12 deputados estaduais com mandato para eleger nossa meta de 11. Isso considerando as revelações como Thiago Silva, Toninho de Souza, Lair Mota que podem surpreender. Por isso eu não dou como certo que só os deputados com mandato voltem porque o novo é uma surpresa. Tem também o Xuxu Dal Molin, de Sorriso, que é uma região que está aberta”, avaliou em entrevista a rádio Capital FM.
Janaina Riva, no entanto, acredita que a renovação na Assembleia Legislativa não será muito grande. Ela aposta que apenas um terço dos parlamentares da Casa de Leis não voltará para a próxima legislatura. “Eu acredito na renovação, mas não acredito da forma que ela está nas pesquisas. Uma pesquisa é por onde você se baseia. Por que eu não acredito? Porque esse voto no parlamentar com mandato é um voto mais consolidado e são pessoas com experiência política muito grande. Então eu não acredito nessa renovação excepcional, por que quem quer mudança, infelizmente não vota, mas de 8 a 10 deputados eu acredito que mudem sim”, disse.
A deputada confidenciou também que não consegue fazer algo que seu pai, o ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Geraldo Riva, fazia bem: prever quem seria eleito e com quantos votos. Para ela, a maior dificuldade se dá por conta das chapas menores. “Conforme a gente vai viajando, vai vendo como é que estão as cidades e a evolução. Não é fácil. Acompanhei meu pai e ele fazia cálculo de quem iria se eleger e dificilmente errava. O que não consigo lidar é com as chapinhas, porque elas são uma incógnita. São muitos nomes e você não a vê com uma votação expressiva. Geralmente faz dois ou três”, confidenciou.
DEPUTADO FEDERAL
Na corrida por uma cadeira na Câmara dos Deputados, o MDB deve fazer entre três a quatro nomes. É a aposta que Janaina Riva faz para a disputa para deputado federal.
Segundo ela, o partido tem três vagas já consolidadas, lutando por mais uma. Para ela, Carlos Bezerra e Valtenir Pereira devem ser reeleitos e o ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa, já teria uma cadeira garantida. “O partido hoje tem a oportunidade de fazer 4 deputados federais na composição que está ali. O Carlos Bezerra, o Valtenir Pereira, além do Juarez Costa, Adriano Silva e Rogério Silva. Certamente o partido tem três vagas consolidadas na Câmara dos Deputados. E é isso que interessa ao partido”, avaliou.
Fonte: FolhaMax

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.