Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O São Paulo testou a paciência dos pouco mais de 57 mil torcedores que foram ao estádio do Morumbi na fria manhã desse domingo, mas arrancou uma vitória na marra em cima do Ceará por 1 a 0 e, assim, se garantiu na liderança do Campeonato Brasileiro por pelo menos mais uma rodada.
A equipe de Diego Aguirre cometeu erros cruciais em momentos decisivos da partida e também viu o goleiro Everson brilhar. O clima já era tenso e de muita impaciência, tanto dentro quanto fora de campo, quando Reinaldo fez fila dentro da área, rolou para Diego Souza, que serviu Bruno Peres. O lateral pegou de primeira, no contrapé do goleiro cearense e levou o Cícero Pompeu de Toledo à loucura.
A vitória nessa 21ª rodada leva o Tricolor aos 45 pontos, no todo da tabela de classificação. Agora são cinco triunfos e um empate nas últimas seis rodadas. Internacional (41 pontos) e Flamengo (40 pontos) jogarão pressionados a não deixar os paulistas dispararem. Já o Ceará volta a ser derrotado após cinco partidas e segue seu martírio na vice-lanterna da competição, com 17 pontos.
Sem Hudson e Liziero, o técnico uruguaio do São Paulo apostou no jovem Luan ao lado de Jucilei. O garoto não comprometeu e viu seus companheiros de ataque amassarem os visitantes nos minutos iniciais.
O que ninguém esperava é que Everson, com a camisa 01, famosa por causa de Rogério Ceni, pegaria tanto. Em sequência extraordinária, o goleiro evitou gols de Reinaldo e Everton no primeiro tempo. Na etapa final, quando Shaylon já estava na vaga de Luan, Everson voltou a enervar os torcedores tricolores com defesas espetaculares em finalizações de Diego Souza e Nenê.
Sidão, cobrado pelas arquibancadas por causa da demora na reposição da bola, só foi exigido de verdade uma única vez, mas foi fundamental. Cara a cara com Reina, o dono da meta tricolor fez a defesa e, de repente, passou a ter o nome exaltado.
O alívio desse clima de pressão e impaciência só chegou aos 32 minutos, quando Reinaldo resolveu se redimir de uma atuação ruim. O lateral fez fila dentro da área, rolou para o meio. Sem espaço, Diego Souza achou Bruno Peres, que não perdoou.
Agora, mais tranquilo, o São Paulo terá a semana livre antes de receber o Fluminense, domingo que vem, de novo no Morumbi, às 16h. No mesmo dia, mas de novo às 11h, o Ceará enfrentará o Flamengo, no Maracanã.
Gazeta Esportiva (Foto: Sérgio Barzaghi/arquivo)
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.