Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Domingos neto entregou esta tarde, ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Marcio Vidal, a lista de gestores e ex-gestores que tiveram contas reprovadas devido a irregularidades. São 363 nomes e 549 processos. Domingos afirmou que a lista contém apenas nomes dos gestores que tiveram as contas rejeitadas pelo TCE e que agora cabe ao Tribunal Regional Eleitoral decidir se as irregularidades apontadas justificam ou não a inelegibilidade de quem pretende ser candidato este ano.

O ex-secretário estadual de Cultura João Carlos Ferreira tem mais de 50 decisões do Tribunal de Contas com irregularidades constatadas durante sua gestão. Ele é o ex-gestor com maior número de apontamentos nesta lista.

Dentre os nomes na lista do TCE aparece o do prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra, aparece na lista porque o tribunal emitiu prévio contrário as contas de 2017. O deputado Saturnino Masson (PSDB), ex-prefeito de Tangará da Serra, que teve contas anuais de Governo de 2013 reprovadas. O ex-prefeito de Claudia (90 km de Sinop), Wilmar Giachini, que teve contas de Governo de 2011 reprovadas e há irregularidades também na prestação de 2015. O ex-prefeito de Juara, Edson Piovesan, teve irregularidades nas contas de 2017.

O ex-prefeito de Diamantino Erival Capistrano, teve as contas de 2011 reprovadas e um convênio com secretaria estadual com irregularidades. O ex-prefeito Juviniano Lincoln também está inserido na lista.

Osmar Rosseto, ex-prefeito de Nova Ubiratã, teve parecer contrário à aprovação das contas de 2010. O ex-prefeito de Tabaporã (150 km de Sinop) Percival Nobrega teve contas de 2014 rejeitadas pela corte.

Na avaliação do presidente do TRE, desembargador Márcio Vidal, a iniciativa do TCE representa mais uma ação de integração das instituições para a lisura das eleições e quem ganha com isso é a sociedade. O desembargador informou que entregará uma cópia da lista a cada um dos membros da Rede de Controle. Ela também será encaminhada ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e candidatos, além de ficar disponível no hotsite das Eleições 2018, no Portal do TRE, para consulta da sociedade.

Só Notícias (foto: assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.