Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Os dados são da pesquisa Real Time Big Data sobre as eleições presidenciais em Mato Grosso

Em Mato Grosso, Bolsonaro lidera com folga pesquisa para presidência
  Pesquisa do Instituto Real Time Big Data sobre as eleições presidenciais em Mato Grosso, encomendada pela Band MT, aponta a liderança isolada de Jair Bolsonaro (PSL) com 39% das intenções de voto. Na segunda colocação aparece Marina Silva (Rede), com apenas 8%.
  Na sequência surge Geraldo Alckmin (PSDB), com 7%, Ciro Gomes (PDT), com 6%, e Fernando Haddad (PT), com 5%. Alvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo (Novo) figuram empatados com 4% e Henrique Meirelles (MDB) tem 2%.
  Em Mato Grosso, Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU) aparecem com 1% das intenções de voto. João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram. Branco e nulos somam 10% e indecisos são 12%.
Com apoio de Lula
  O instituto também simulou as intenções de voto no Estado com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao candidato Fernando Haddad (PT). Neste cenário, Bolsonaro também surge na liderança, com 38%, e o candidato petista passa a ocupar a segunda colocação, com 11%.
  Na sequência aparece Geraldo Alckmin (PSDB), com 7%, e Marina Silva (Rede), com 5%. Ciro Gomes (PDT), Alvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo (Novo) figuram empatados com 4%.
  Henrique Meirelles (MDB) tem 2% e Cabo Daciolo (Patriota) e Guilherme Boulos (PSOL) aparecem com 1% das intenções de voto.
  João Goulart Filho (PPL), Vera Lúcia (PSTU) e Eymael (DC) não pontuaram. Branco e nulos somam 10% e indecisos são 13%.
  Preso, Lula ficou de fora do levantamento, uma vez que o Tribunal Superior Eleitoral rejeitou seu pedido de registro de candidatura. Ele foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.
Dados da pesquisa
  O levantamento tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. O instituto ouviu 1008 eleitores de todo o Estado entre os dias 6 e 8 de setembro.

  A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob os números MT-02178/2018 e BR-05751/2018.

Fonte: O livre
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.