Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O Grêmio venceu nesta terça-feira o Atlético Tucumán por 2 a 0 no Monumental José Fierro pela primeira partida das quartas de final da Libertadores. Após resistir uma pressão inicial dos argentinos, o Tricolor Gaúcho foi efetivo e objetivo nas oportunidades de gols que tiveram. Alisson e Everton marcaram os tentos gremistas. De quebra, o técnico Renato Portaluppi comemorou o triunfo no dia que completou dois anos a frente do comando do clube.
A partida de volta está marcada para o dia 2 de outubro, terça, às 21h45 (de Brasília), na Arena. Os gaúchos têm a vantagem de jogar pelo empate ou até uma derrota por um gol. Caso os argentinos devolvam o mesmo placar, a decisão da vaga será nas penalidades. Pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio recebe neste domingo o Ceará, às 11 horas (de Brasília), na Arena.
Empurrado pela sua massa de torcedores, o Tucumán tomou a iniciativa do jogo. Aos dois minutos, Pulga cobrou escanteio, a bola desviou e chegou até Noir. O meia chutou, a bola bateu em Kannemann e saiu. Lesionado, Noir foi substituído por Nuñez logo em seguida. Cinco minutos depois, Kannemann falhou, Geromel se atrapalhou e a bola sobrou para Acosta, que chutou para fora. Aos 15, Nuñez cobrou falta no canto direito, mas Marcelo Grohe voou e fez grande defesa.
Os argentinos dominaram os primeiros 20 minutos de partida. Entretanto, o Tricolor Gaúcho soube segurar o ímpeto dos donos da casa e conseguiu equilibrar as ações do jogo.
Uma nova chegada perigosa do Tucumán, aos 31, Pulga achou Aliendro na área, que chutou no canto. Por sorte do Grêmio, Cícero colocou o pé e desviou. Mas o Tricolor Gaúcho foi mortal e efetivo na oportunidade que teve. Aos 34, Geromel bateu falta para Cícero, que encontrou Alisson dentro da área. O atacante chutou forte e fuzilou Luchetti, que nada pôde fazer.
No final do primeiro tempo, o Tucumán ficou com um homem a menos. Depois de consultar o árbitro vídeo, Wilmar Rodan expulsou Nuñez ao pisar nas costas de Alisson.
Mesmo com um jogador a menos em campo, os argentinos não se intimidam e pressionam na busca do gol de empate. Já os gaúchos se fecham bem na defesa e tentam explorar jogadas de contra-ataque.
Pelo lado direito, Leonardo Gomes, aos nove minutos, lançou Alisson que cruzou para Everton. O atacante aproveitou um erro de marcação de San Román e mandou para o fundo da rede. Bem postado na defesa, os visitantes foram muito eficientes quando chegaram ao ataque.
Com objetivo de diminuir o prejuízo, o Tucumán tentou na bola parada descontar. Aos 18, Pulga cobrou falta no canto esquerdo de Marcelo Grohe, que voou e evitou o gol. Por sua vez, no Tricolor Gaúcho se destacam na partida a dupla de zaga Geromel e Kannemann, Alisson, Maicon e Everton. Aos 42, Pepê arrancou pela direita e encontrou Everton cara a cara com Luchetti. O Cebolinha desviou do goleiro do Tucumán, mas tirou muito e mandou para fora.
Na reta final da partida, o Grêmio tratou de administrar o escore, tocou a bola de um para o outro e alcançou um resultado que coloca o time com um pé na semifinal da Libertadores.
fONTE:Gazeta Esportiva (foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.