Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O governo estadual publicou no Diário Oficial a prorrogação do período de restrição do uso de fogo para limpeza e manejo de áreas até o dia 1º do próximo mês. O período proibitivo começou no dia 15 de julho e terminaria no último sábado (15). “ Considerando as condições climáticas que se encontram favoráveis as ocorrências severas de queimadas e incêndios florestais, decorrentes do uso do fogo na vegetação, colocando em risco a saúde, a qualidade de vida e a segurança da população”, consta em trecho do documento.
As penalidades para quem desrespeitar a norma são multas que variam de R$ 1 mil a R$ 7,5 mil por hectare e possível embargo da área. A determinação visa coibir os incêndios que, nesta época do ano, acarretam em danos para biodiversidade, clima, agricultura e à saúde.
As ações para combate às queimadas do governo incluem campanhas educativas, instalação de 10 brigadas mistas em parceria com as prefeituras e iniciativa privada e apoio dos comandos regionais e bases descentralizadas do Corpo de Bombeiros. Também contam com auxílio da primeira Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais da Amazônia instalada em Sorriso.
As denúncias de queimada indevida na zona rural podem ser feitas para a Sema. Já a irregularidade em área urbana, onde o uso do fogo é proibido durante todo ano, deve ser denunciada junto ao município. Para combater os incêndios tanto na área urbana, quanto na rural, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado pelo 193.
Redação Só Notícias (foto:Guilherme Filho/arquivo)


Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.