Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


O Indea Mato Grosso tornou disponíveis os dados do abate de bovinos mato-grossenses do mês de setembro deste ano. Como já era aguardado, devido às condições das pastagens no Estado, o montante abatido reduziu 13,46% no comparativo mensal, atingindo o total de 466,81 mil cabeças. Restando três meses para o fim do ano, o acumulado de animais mato-grossenses abatidos neste ano (janeiro – setembro) já supera em 8,90% o total abatido no mesmo período do ano passado.

Além de abater mais animais, Mato Grosso segue ampliando a participação dos bovinos com menos de 24 meses no abate total. Foram 148,86 mil animais a mais em 2018 (acumulado janeiro-setembro) em comparação a 2017, resultando na maior participação desta categoria no total abatido da história, de 15,20%. “Diante disto, nota-se que o pecuarista pode estar caminhando na  direção de reduzir a permanência do gado na fazenda, na busca por melhorar a rentabilidade da atividade”, aponta o IMEA.

O preço do boi gordo continua em alta na primeira semana de outubro com aumento de 0,45% cotado a R$ 132,99@. A informação consta no boletim semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária.



Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.