Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Um avião da Azul que saiu da cidade de Vitória da Conquista, no sudoste da Bahia, com destino à Belo Horizonte, na manhã desta terça-feira (16), foi atingido por um raio e o piloto decidiu mudar o local do pouso.
O avião (voo AD5733) decolou com cerca de 70 passageiros, por volta das 7h40, e o incidente ocorreu cerca de 40 minutos depois. A aterrissagem em Belo Horizonte estava prevista para às 9h25, mas, conforme a Azul, por problemas técnicos, o piloto alternou o pouso para o aeroporto de Montes Claros, também em Minas Gerais.
A jornalista Ellen Lapa, que estava com o marido no avião no momento do incidente, disse ao G1 que algumas pessoas ficaram muito assustadas. Ela seguia na aeronave para BH, de onde pretende partir, ainda nesta terça-feira, para Buenos Aires.
"A gente viu na hora que o raio atingiu. Eu estava na janela e vimos fogo e faíscas. Foi uns 30 a 40 minutos depois da decolagem. O avião entrou numa nuvem, estava chovendo um pouco, e a situação aconteceu. Foi um barulho bem alto. Depois, o piloto avisou que tinha sido um raio. Algumas pessoas ficaram bem assustadas e uma até passou mal", disse.
Em nota, a empresa áerea disse que não houve declaração de emergência e que o pouso em Montes Claros ocorreu normalmente. A companhia ainda informou que reacomodou os clientes por via terrestre até a capital mineira e que está prestando toda a assistência aos passageiros.
A Azul destacou que medidas adotadas são "necessárias para garantir a segurança de suas operações".
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.