Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O promotor Márcio Florestan Berestinas, da comarca de Sorriso, ajuizou representação na justiça eleitoral requerendo a cassação do registro de candidatura ou diploma do deputado estadual eleito Ederson Dal Molin (Xuxu), por conduta vedada. Ele denuncia que, no dia 4 do mês passado, Xuxu teria comparecido na garagem de uma secretaria da prefeitura de Sorriso, onde se apresentou como candidato, mencionou seu número e passou a pedir votos. “O fato foi comunicado ao Ministério Público Federal, onde foram colhidos depoimentos e vídeos que instruem a notícia de fato”.
No pedido, o MP ressalta que a lei eleitoral veda uso de bens e imóveis pertencentes a administração direta ou in direta da União, Estados, Distrito Federal ou municípios. “Assim, diante de todo exposto, o Ministério Público Federal requer o recebimento e o processamento da presente representação por conduta vedada, e a condenação do representado com a sanção de multa, assim como a cassação do registro ou diploma.
Xuxu (PSC) foi eleito com 23.764 votos. Só em Sorriso, onde reside, fez 17.655.
Outro lado
Só Notícias tentou, mas não conseguiu contato por telefone com Xuxu.
Em instantes mais detalhes

Fonte: Só Notícias 
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.