Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Três funcionários de uma empresa de insumos agrícolas foram impedidos de deixar uma fazenda localizada a cerca de 70 quilômetros de Novo Mundo (297 km de Sinop) após o proprietário alegar prejuízo de R$ 185 mil na compra de defensivos que não teriam feito o efeito esperado na aplicação. De acordo com o boletim de ocorrência, os representantes comerciais só foram liberados com a chegada da Polícia Militar. Ninguém ficou ferido.
Segundo consta no documento policial, a empresa fez a venda dos defensivos e os funcionários foram até a propriedade para negociar com o proprietário, que alegou ineficiência do produto e cobrou ressarcimento de R$ 86 mil das despesas de aplicação, adubo, calcário, óleo diesel e mão de obra. Eles dialogaram por algumas horas, mas não chegaram a um acordo. Por isso, foram impedidos de deixar a propriedade.
Também foi registrado na ocorrência que os policiais realizaram busca pessoal e no imóvel, mas não encontram armas de fogo. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil de Guarantã do Norte. O dono da fazenda poderá ser indiciado pelos crimes de sequestro e cárcere privado.
Fonte:Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/arquivo)

Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.