Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O senador José Medeiros (Podemos), eleito deputado federal, no último domingo, anunciou que passa a apoiar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e fará parte da coordenação nacional de sua campanha no segundo turno. Ele se reuniu com o presidenciável, hoje, e vai representá-lo em encontros políticos, nos Estados, porque ainda não está liberado pelos médicos para fazer carreatas, comícios e participar de encontros políticos. Bolsonaro se recupera de cirurgia devido ao atentado de que foi vítima no primeiro turno da campanha – ele perdeu 15kg de massa muscular de acordo com médicos.
“Já conversei com o governador eleito Mauro Mendes (DEM) e outras lideranças locais para criarmos essa frente suprapartidária de apoio ao Bolsonaro. Também conversei com alguns membros do PSL sobre o assunto. Vamos ampliar a votação de Bolsonaro neste segundo turno no Estado”, apontou Medeiros, por meio da assessoria. O presidenciável fez, em Mato Grosso, 60% dos votos.
As primeiras atividades da campanha de Bolsonaro no segundo turno foram definidas com o chamado ‘núcleo duro’ do candidato, que é composto pelo senador Magno Malta (ES) – que não se reelegeu- , Medeiros e os deputados Onyz Lorenzoni (DEM-RS) e Fernando Francischini (PSL-PR). A assessoria informa que, a pedido de Bolsonaro, Medeiros e Malta vão representá-lo em uma atividade de campanha em Palmas (TO). Nesta 5ª, Medeiros estará no Rio de Janeiro e Recife participando de reuniões e carretas levando o nome do candidato do PSL.
No primeiro turno, Medeiros (segundo mais votado para federal com 82 mil votos) apoiou o presidenciável Alvaro Dias, do seu partido e agora também vai colaborar com a campanha de Bolsonaro em Mato Grosso. Com votação nos 141 municípios do Estado, o parlamentar defende a criação de uma frente suprapartidária em apoio ao candidato do PSL à Presidência da República.

Fonte: Só Notícias (foto: assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.