Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O senador José Medeiros (Podemos), eleito deputado federal, no último domingo, anunciou que passa a apoiar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e fará parte da coordenação nacional de sua campanha no segundo turno. Ele se reuniu com o presidenciável, hoje, e vai representá-lo em encontros políticos, nos Estados, porque ainda não está liberado pelos médicos para fazer carreatas, comícios e participar de encontros políticos. Bolsonaro se recupera de cirurgia devido ao atentado de que foi vítima no primeiro turno da campanha – ele perdeu 15kg de massa muscular de acordo com médicos.
“Já conversei com o governador eleito Mauro Mendes (DEM) e outras lideranças locais para criarmos essa frente suprapartidária de apoio ao Bolsonaro. Também conversei com alguns membros do PSL sobre o assunto. Vamos ampliar a votação de Bolsonaro neste segundo turno no Estado”, apontou Medeiros, por meio da assessoria. O presidenciável fez, em Mato Grosso, 60% dos votos.
As primeiras atividades da campanha de Bolsonaro no segundo turno foram definidas com o chamado ‘núcleo duro’ do candidato, que é composto pelo senador Magno Malta (ES) – que não se reelegeu- , Medeiros e os deputados Onyz Lorenzoni (DEM-RS) e Fernando Francischini (PSL-PR). A assessoria informa que, a pedido de Bolsonaro, Medeiros e Malta vão representá-lo em uma atividade de campanha em Palmas (TO). Nesta 5ª, Medeiros estará no Rio de Janeiro e Recife participando de reuniões e carretas levando o nome do candidato do PSL.
No primeiro turno, Medeiros (segundo mais votado para federal com 82 mil votos) apoiou o presidenciável Alvaro Dias, do seu partido e agora também vai colaborar com a campanha de Bolsonaro em Mato Grosso. Com votação nos 141 municípios do Estado, o parlamentar defende a criação de uma frente suprapartidária em apoio ao candidato do PSL à Presidência da República.

Fonte: Só Notícias (foto: assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.