Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Caldeirão do Huck mostra história de menino cego de Sorriso
O programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo, exibiu neste sábado (3) uma reportagem sobre o projeto Sonho Meu – uma Ong na cidade de Sorriso (a 450 km ao Norte de Cuiabá) - que auxilia 62 crianças deficientes através da equoterapia (tratamento com cavalos).
O filho do apresentador, Joaquim, doou uma égua e o programa entregou uma piscina para o projeto, além de realizar o sonho de uma das crianças de conhecer o mar do Rio de Janeiro.
Huck, e sua equipe, conheceram o projeto através da história de Gabriel Ottoni, de 11 anos, que é deficiente visual e faz equoterapia com um cavalo cego.
O global ficou impressionado ao ver Gabriel montar no cavalo e fazer a prova dos Três Tambores. Também conheceu a história de outras crianças beneficiadas pelo projeto e, por várias vezes, se emocionou durante a reportagem. “Bicho, aprendizado maravilhoso. Uma das melhores matérias que eu já fiz no Caldeirão”, disse.
Além da entrega da piscina, a matéria também mostrou Gabriel com os pais no Rio de Janeiro. O menino pôde realizar o sonho de conhecer o mar e até se arriscou a experimentar água “para ver se era salgada mesmo”. Gabriel também participou de uma aula de surf pelo projeto Adapt Surf – ONG carioca - que ajuda pessoas com deficiencia visual de todas as idades a aprender a surfar.
A Ong Sonho Meu atende crianças e adultos com diferentes tipos de deficiência, incluindo síndrome de down, paralisia cerebral, autismo e deficiência visual. O projeto é mantido por Jô Gomes, que é a diretora geral da Ong. Para saber mais sobre o projeto acesse AQUI
Clique no link abaixo e assista uma história emocionante.
Fonte|:Reporter/MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.