Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Hermes foi prefeito de Juína entre 2013 e 2016 e obteve 17 mil votos para deputado estadual em outubro.


Mensagens de pesar estão circulando nas redes sociais. "Estou muito triste. Morre um grande homem. Aprendemos a respeitá-lo por sua dignidade e honestidade com o dinheiro público. Onde a história de Hermes Bergamin começou, também terminou, o garimpo", diz Angela S Merces.
Célio Braga diz em sua mensagem no Facebook que não se ouve falar de Juína sem falar em Hermes Bergamin. "Quem nunca ouviu a história de que Hermes tem ou tinha uma pedra de diamante do tamanho de um ovo de galinha e que Hermes tem tanta cabeça de gado que não consegue nem contar. São histórias que cresci ouvindo e não importa se é ou não verdade, mas às vezes via isso como uma inspiração para mim. Mas o fato é que Hermes é um ícone da cidade de Juína que parecia imortal", complementa.  
A tragédia
O ex-prefeito de Juína, Hermes Bergamin, morreu na tarde desta quarta (14) ao ser soterrado por um barranco no garimpo do Porcão, que fica no Distrito Terra Roxa, a cerca de 60 km do centro da cidade.
O acidente no garimpo aconteceu por volta das 17h. Hermes estava sozinho na hora do acidente. A tragédia ganhou repercussão em todo o Estado.
Hermes foi prefeito na cidade entre 2013 e 2016. Em 2016, ele não disputou a reeleição. Na eleição de outubro concorreu a deputado estadual pelo Solidariedade, quando obteve 17 mil votos e ficou como primeiro suplente na coligação que tentou conduzir o governador Pedro Taques (PSDB) à reeleição.
A atuação como produtor rural e minerador tornou Hermes bastante conhecido na região e ajudou na construção da carreira política.
O garimpo seria de propriedade do próprio Hermes que também é pecuarista e sojicultor. As informações que circulam na cidade são de que ele tem mais de 50 mil cabeças de gado.
O corpo do ex-prefeito foi resgatado pela polícia no garimpo e pela funerária Ame da Diocese de Juína. Os preparativos para o velório já foram iniciados.

Fonte: RD News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.