Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Resultado de imagem para justiçaO juiz Marcos Faleiros da Silva, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, condenou no último dia 30 o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, Lutero Ponce de Arruda, e outras 8 pessoas por crimes de corrupção. Eles são acusados de desviar R$ 7,794 milhões do poder legislativo da capital.

O ex-vereador recebeu a pena de 17 anos, 8 meses e 10 dias de reclusão, além de 100 dias multa. A mesma pena foi imposta ao ex-chefe da comissão de licitação da Câmara, Ulisses Reiners Carvalho, o ex-controlador interno Átila Pedroso de Jesus e o ex-servidor Luiz Henrique Silva Camargo.

Já Ítalo Griggi Filho, Leandro Henrique de Arruda Axkar, Ana Maria Alves das Neves, Helio Hudson Oliveira Ramos e Marcos David Andrade receberam a penas de 15 anos de reclusão. As fraudes, segundo denúncia do Ministério Público Estadual, consistiam na compra simulada de produtos para atender as necessidades do legislativo.

O MPE apontou que, apesar dos pagamentos realizados pela Câmara, os produtos não eram entregues e os valores “retornavam” ao grupo do então presidente em forma de propina. Faleiros pediu que todos réus condenados sejam presos a partir do momento em que sua sentença seja mantida pelo Tribunal de Justiça, em segundo grau.


Marcadores: ,

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.