Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A deficiência de vitamina A é considerada uma das mais importantes deficiências nutricionais dos países em desenvolvimento e afeta milhões de crianças em todo o mundo. Os bebês e crianças têm maior necessidade de vitamina A para compensar seu rápido crescimento e ajudá-los a combater infecções.
No Brasil, o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A foi instituído por meio da Portaria nº 729, de 13 de maio de 2005, cujo objetivo é reduzir e controlar a deficiência nutricional de vitamina A em crianças de 6 a 59 meses de idade.
No Brasil, a deficiência de vitamina A é um problema de saúde pública moderado. Níveis adequados de vitamina A garante impacto positivo no desenvolvimento infantil reduzindo índices de mortalidade. A Organização Mundial da Saúde recomenda a administração de suplementos de vitamina A para prevenir a carência, a xeroftalmia e a cegueira de origem nutricional em crianças de 6 a 59 meses.
Ressaltamos que a suplementação profilática de vitamina A deve fazer parte de um conjunto de estratégias para melhoria da ingestão desse nutriente, portanto associado à diversificação da alimentação (alimentação saudável).
ACOMPANHAMENTO:
Crianças de 06 até 11 meses – Megadose de 100.000 UI0
Crianças de 12 até 59 meses – Megadose de 200.000 UI0
A VITAMINA A É OFERTADA GRATUITAMENTE PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)
Mediante a todos estes benefícios reforçamos sobre a importância dos pais e responsáveis de crianças nesta faixa etária estarem se direcionando as Unidades Básicas de Saúde (Salas de Vacina), para verificação da situação do cartão vacinal (onde é registrada a administração da vitamina A) e tire todas as suas dúvidas, prevenção é sempre o melhor remédio. 
Texto: Rayane Kelen Dornelas CRF/MT 4830
Fonte: http://dab.saude.gov.br/portaldab/ape_vitamina_a.php


Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.