Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Assembleia pode devolver R$ 100 mi para o governo Mendes
Deputado estadual reeleito pelo DEM, Dilmar Dal'Bosco, afirmou que existe um pré-acordo para que o Legislativo possa devolver recursos para o governo Mauro Mendes (DEM) em até R$ 100 milhões. O pacto teria sido afirmado em reunião interna do DEM e deverá ser levado adiante, caso o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), consiga se reeleger para o comando da Mesa Diretora. "A Assembleia tem esse compromisso, com o Botelho presidente, para devolver recursos. Já está alinhado isso. Em torno de R$ 50 a  R$ 80 milhões, podendo chegar até R$ 100 milhões em devolução", disse o parlamentar nesta terça-feira (1º) durante a posse de Mendes na Assembleia.  
A possível devolução vai na 'contramão' dos demais Poderes que pedem um incremento de 10% no orçamento para 2019. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) chegou a afirmar que sem este incremento, que seria de cerca de R$ 100 milhões, os serviços do TJ estariam prejudicados neste ano. Dal'Bosco também defende que o Legislativo seja protagonista na relação entre os demais Poderes - Executivo, Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas de Mato Grosso, principlamente no debate em relação aos duodécimos.
O parlamentar lembrou da ajuda da Assembleia ao governo Pedro Taques (PSDB), quando aprovou a Emenda Constitucional dos Gastos Público, conhecida como "PEC do Teto". "Essa lei foi importante, mas faltou gestão. Então a Assembleia faz a parte dela, contribuindo, discutindo, fazendo proposições. Tanto que tem um congelamento de receita dos Poderes desde 2016. Então estamos ajudando sempre. Então seremos importante", completa. Essa não é primeira vez que o Legislativo devolve recursos para o governo do Estado. Em 2015, durante a gestão Guilherme Maluf (PSDB), a Mesa Diretora devolveu cerca de R$ 80 milhões ao Executivo.
O recurso foi utilizado para a compra de 141 ambulâncias pelo governo e que foram distribuidas às prefeituras municipais.
Fonte:Pablo Rodrigo - Gazeta Digital
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.