Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Após a prisão, agentes que participaram da captura de Ernandes informaram que ele conseguia as fotos de nudez de sua vítimas e passava a fazer chantagens avisando que não mandassem mais fotos e até dinheiro colocaria tudo que tinha nas redes sociais.


 Rodrigues de Souza, 36 anos, foi preso em flagrante na noite de segunda-feira, acusado de ter compartilhado vídeo íntimo de uma mulher, sem o consentimento dela, nas redes sociais, como o Facebook. A prisão aconteceu na cidade de Jauru e a Polícia Civil descobriu que o homem havia criado um perfil falso, com fotos de outros homens para enganar as suas vítimas, fazer chantagens e colocar vídeos nas redes sociais.
Após a prisão, agentes que participaram da captura de Ernandes informaram que ele conseguia as fotos de nudez de sua vítimas e passava a fazer chantagens avisando que não mandassem mais fotos e até dinheiro colocaria tudo que tinha nas redes sociais.
A última mensagem do estuprador virtual foi na segunda-feira, quando mandou fotos pornográficas de uma jovem para vários de seus parentes e publicou no facebook.
O suspeito confessou o cometimento do crime e disse que utilizava seu celular para se comunicar com as vítimas e repassar as mensagens pornográficas para terceiros.
O celular foi apreendido e o suspeito encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de “divulgação de pornografia através de sistema de informática e telemática sem o consentimento da vitima (Art. 218-C do Código Penal)".
O suspeito foi encaminhado para audiência de custódia.

Fonte:24 Horas News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.