Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Foto: Divulgação
Caio Vinicius Anadão, 16, que foi queimado em sua residência na cidade de Colniza durante a madrugada de domingo não resistiu aos graves ferimentos e veio a óbito no fim da noite deste domingo. O rapaz chegou a ser atendido por equipe médica na cidade de Juína, no Mato Grosso, e ontem mesmo foi transferido para um centro de referencia em Cuiabá, mas não resistiu aos graves ferimentos.
Como anunciamos anteriormente, o médico da UPA José Parada havia informado que o paciente teve 90% do corpo atingido pelo corpo fogo e sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau.
Caio estava entubado, sedado e em coma induzido com ventilação mecânica, seu estado de saúde era grave, revelou o médico, José Parada, por telefone, ao portal Juína News.
O crime
Parada disse que ouviu relatos dos familiares de que um homem teria invadido a sua residência com um galão de gasolina e o rapaz ao ouvir o barulho se levantou e abriu a porta quando foi surpreendido pelo suspeito que jogou o combustível no jovem que ficou em chamas.
Vizinhos ouviram os gritos de socorro da vítima e viram também a casa pegando fogo e Caio com seu corpo em chamas. Desesperados, jogaram água no rapaz e conseguiram apagar as chamas que se alastravam na cozinha da residência.
Caio foi socorrido pelo SAMU e levado inicialmente para o hospital de Colniza.
Um suspeito foi visto pulando o muro e saindo correndo na Rua A4 sentido uma serraria, ele aparentava ter uma tatuagem com letras japonesas escritas nas costas.
A Polícia Civil está investigando este crime absurdo e busca esclarecer a motivação para tal violência.

 Fonte: Juína News

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.